03/01/2017

Mito, razão e autoconhecimento

As narrativas fantásticas - ou mitos - que a humanidade inventou e inventa no decorrer da história buscavam e buscam compreender de onde viemos, o que estamos fazendo aqui e para onde vamos.

São uma forma interessante que conseguimos elaborar na tentativa de explicar e entender a nós mesmos e o tempo em que vivemos. Estudá-las, portanto, é mais que exercitar a natural curiosidade que nos caracteriza. Compreendê-las é uma necessidade, posto que falar sobre elas é dizer de cada um de nós.

público
Especialmente destinado a jovens e adultos, os encontros tratam com profundidade uma série de temas importantes para quem está em busca e/ou já envolvido em processos de busca do conhecimento de si mesmo ou de individuação, conforme Jung.

objetivo
Estabelecer relações entre a trajetória do herói grego e os doze signos.

conteúdos

controle da mente
natureza dos desejos
conhecimento de si próprio
desenvolvimento da intuição
aprender a utilizar o poder e a coragem
consciência de si mesmo
compreensão/integração: equilíbrio dos opostos
controle e superação dos desejos
fim das tendências: uso do pensamento destrutivo
elevação da personalidade
serviço de limpeza e purificação com água
transcendência da animalidade

duração
12 horas divididas em 4 encontros de 3 horas cada

coordenação
Donizete Soares, professor de filosofia

responsável
INSTITUTO GENS [desde 1988]

inscrições
clique aqui

dia 10 de janeiro, terça, apresentação gratuita do curso

O curso acontecerá nos dias 17, 19, 24 e 26 de janeiro, das 19h30 às 21h30

Nenhum comentário:

Postar um comentário